domingo, 15 de junho de 2014

Uma perspectiva holística


O corpo humano funciona como um todo e as interações que acontecem entre esse todo,suas partes e o meio ambiente são reguladas por um princípio de equilibrio chamado homeóstase.
A homeóstase é um processo de auto-regulação garantido por substâncias como os hormônios e  as secreções de glândulas endócrinas controladas pelo complexo corticohipotálamo-hipofísico.Qualquer agressão externa ou interna produz uma regulação compensatória(hiper ou hipofuncionamento)e um desiquilíbrio que desencadeia uma reação de defesa.A ingestão de substãncias químicas costuma ser uma dessas agressões.
No caso de doença,portanto,a quimioterapia consiste em combater uma agressão com outra,criando um estado de guerra altamente prejudicial para o campo de batalha,ou seja,o corpo humano!
Nós dependemos de plantas em todos os sentidos-para obter alimento,energia e oxigenio-e temos uma relação de complementaridade com elas.Somos partes de um mesmo todo,que é  a própria vida.É por isso que as plantas não representam uma agressão contra o organismo(desde que não haja abusos).
Hipócrates,o pai da medicina ocidental,fundou sua pratica em dois principios basicos:o das semelhanças(tratar o mesmo com o mesmo veneno com veneno)e o das oposiçoes(encontrar antídotos).O segundo,muito fácil de aplicar,é a base da medicina moderna(alopatia).O principio que inspirou a teoria das semelhanças formulada pelo grande alquímico e filósofo medieval Paracelso,exige intuição e sutileza.Também é o principio básico da homeopatia e da medicina antropossófica.
Então se a chave está dentro de nós mesmos,então só estaremos ganhando ao dar as informações certas para o organismo.Portanto,o estudo minucioso do papel dos óleos essencias nas plantas nos ajudará a entender seu poder curativo enquanto a observação de plantas específicas revelará as propriedades de cada óleo.